Skip to main content

Dança Axe

 Modalidade de Dança: Axé para terceira idade
 

      O Axé é um gênero musical surgido no estado da Bahia na década de 1980, durante as manifestações populares do carnaval de Salvador,que mistura Frevo pernambucano, forró, Maracatu, Reggae e Calipso, um dos avôs Reggae.
      A idéia de abrir a modalidade no projeto AFRID, surgiu depois da experiência em um estágio no Rio Quente Resort – GO no final do ano de 2010. O resort trabalha com a equipe Boto de lazer a mesma é dividida em duas: Equipe boto infantil e a equipe boto adulta, eu Maitê Spirandelli e Maicon Reis fomos designados para estagiar na equipe adulta, onde participamos de várias atividades, uma delas acontece nas beiras das piscinas, e o axé era uma das atividades mais queridas pelos hospedes e visitantes do HOT PARK.
      Afinal, é uma dança muito descontraída e sensual, onde quem participa, além de extravasar a energia concentrada em si, obtém um conhecimento maior sobre o seu domínio corporal, espacial e interage com mais liberdade e eficácia com outros indivíduos participantes dessa mesma atividade.
      Ficamos um mês estagiando, depois voltamos para Uberlândia. Após isso tivemos a idéia de dar aulas de axé para terceira idade, uma vez que, o projeto AFRID (Atividade Física e Recreativa para Terceira Idade) tem como objetivo, aumentar a qualidade de vida através de aulas recreativas e interativas para o público de terceira idade.
      Conversamos com os coordenadores do projeto, e os mesmos nos apoiaram, na decisão e desde então a turma é um verdadeiro sucesso! Na primeira aula, tivemos cinco alunas, na segunda dez e na terceira mais cinco alunas!
      O motivo de grande sucesso dessa nova modalidade se dá pela forma como os professores desenvolvem as aulas, a alegria que esse ritmo proporciona o carinho que temos com as alunas, o prazer que essas aulas vêem trazendo para as mesmas.
      Muitas das vezes antes de se matricularem, têm receio de que não dêem conta de realizar os movimentos das coreografias. Porém, sempre deixamos claro que não precisam se preocupar, pois a nossa intenção é o descompromisso dos movimentos saírem perfeitamente como nas coreografias originais, afinal de contas a nossa proposta é levar a alegria e incentivar o descobrimento corporal de cada aluno independente de como cada um se expresse.
      Acreditamos que a modalidade só tem a crescer, por isso quanto mais alunos melhor!
      Venha você também participar dessa modalidade que já virou mania no projeto AFRID!
      As aulas acontecem todas as segundas-feiras das 16h00min às 17h00min e nas quintas-feiras das: 15h00min às 16h00min. No segundo andar da academia de musculação do campus Educação Física.

 

Maitê Spirandelli Carvalho Matheus
Estagiária do Projeto AFRID na modalidade Axé